segunda-feira, 29 de junho de 2009

A Ampliação das Pistas da Marginal Tietê está na Contramão do Desenvolvimento Sustentável da Cidade!

Ao mesmo tempo em que a cidade de São Paulo dá um passo à frente nas questões ambientais com a promulgação da lei sobre a Política Municipal de Mudanças Climáticas (lei nº 14.933/09) para atenuar a mudança do clima, tentando alcançar a estabilização das concentrações dos gases de efeito estufa; por outro lado, na contramão ambiental, o governador José Serra propõe a ampliação de pistas na marginal Tietê para atender exclusivamente o caos do tráfego de 750 mil veículos/dia.


Lembramos que a Política Municipal de Mudança do Clima propõe uma articulação institucional entre os governos municipal e estadual, sociedade civil e setor empresarial e acadêmico com a finalidade de atenuar a emissão dos gases de efeito estufa.


Entre as propostas da Política Municipal estão: realizar campanhas de esclarecimento; priorização da circulação do transporte coletivo sobre o transporte individual; ampliação da oferta de transporte público e estímulo ao uso de meios de transportes menos poluentes; estímulo ao transporte não-motorizado;


Deve ser também prioridade do Poder Público a implantação de corredores e faixas exclusivas de ônibus coletivos e trólebus; o planejamento e implantação de faixas exclusivas para veículos, com 2 (dois) ou mais passageiros;


Essas e outras propostas se chocam com a proposta do governo do estado de colocar mais veículos para circular, retirando da cidade mais de cem mil mudas de árvores e impermeabilizando 19 hectares de área marginal ao rio Tietê, portanto, passíveis de serem inundadas em momentos de pesadas chuvas. Já é constatado o erro urbanístico da cidade de se ter impermeabilizado várias áreas de várzeas de rios no município de São Paulo, não deixando suas margens vazias para a época de cheias. Esse erro tornou-se estrutural e irreversível, dada a ocupação e a densidade dessas áreas ocupadas.


E agora, vamos persistir nesse erro? E quando as fortes chuvas chegarem visualizaremos o rio Tietê virar mar e carros boiando na correnteza causando perdas materiais e humanas. É isto que queremos para o futuro de São Paulo?


Não! Existem alternativas! Como por exemplo: a limitação de horários para caminhões de passagem pela cidade, vias paralelas internas aos bairros ao norte e ao sul do rio; e, principalmente, medidas de maior investimento na operação de trânsito e, acima de tudo, de otimização e ampliação do transporte coletivo; além da implementação das medidas propostas na Política Municipal de Mudanças Climáticas.


Boletim Especial - Obras na Marginal

Jamil Murad

Vereador, Líder da Bancada do PCdoB na Câmara Municipal de São Paulo


EXPEDIENTE:

Gabinete: Câmara Municipal de São Paulo – Viaduto Jacareí, 100 – 5º andar – sala 517

Correio eletrônico: jamilmurad@camara.sp.gov.br

Telefones: (11)3396-4390 / fax: (11)3396-3980

0 comentários:

Postar um comentário