segunda-feira, 1 de junho de 2009

Junho é o mês das Festas Juninas ???

Chegamos ao mês de Junho, mês das tradicionais festa juninas, aqui em São Paulo não tão tradicionais assim, não que não se tenham quermesses, alias existem várias, porém muitas não lembram de nem de longe as quermesses que perfumam o ar gelado de São Paulo com aquele cheiro "bão" do quentão, do vinho quente e outras iguarias desta tradicional festa.

Ai invés disso, sentimos a também tradicional "marola" paulistana, o cheiro da erva "marvada" que também perfuma o ar gelado desta cidade, acompanhado pela tradicional trilha sonora ... o que ? ta pensando em forró ? nada, as quermesses das periferias de São Paulo são embaladas pelo funk, isso mesmo! o funk carioca em versão paulistana, aquele funk que tem o ritmo carioca e as girias paulistanas. Nada contra, nem a favor!

Sou "nostalgista" quando o assunto é cultura popular, um dia ainda faço um blog (não esse) pra tratar do assunto, não vou dizer que não ouço coisas "novas", que não curto nada "moderno", mas cada coisa no seu lugar, assim como o "psi" tem suas raves e clubes, os pagodes os seus bares, o samba seus barracões, a cultura tradicional tem o seu lugar e o mês de Junho é o mês de festa junina, com comida tradicional, cheiro tradicional e música tradicional. Ou não ?

Contudo, as quermesses tradicionais também tem seus lados chatos, mas suportáveis, por exemplo: aquela 'tia", beata chata que fica no seu pé pra você mandar correio elegante ou vendendo talão do bingo, valendo um bolo, claro. Mas o pior de todos pra mim é o cara que fica "cantando' o bingo, o cara tenta fazer voz de locutor, geralmente tá com umas "cagibrinas" na cabeça e perde o "tempo" da brincadeira, faz suspense até ninguém aguentar mais. Ah!, ainda tem o povo que não presta atenção e grita Bingo, quando se apura o resultado não bingou ..., vai embora de cabeça baixa e sendo "comido" com os olhos por quem estava jogando

Em breve "postarei" uma lista com algumas boas quermesses.

Post Scriptum: Lembrando que nem todas as quermesses são realizadas em paróquias, geralmente as que mobilizam o maior número de pessoas são organizadas nas ruas pelos próprios moradores.

1 comentários:

Postar um comentário