segunda-feira, 31 de maio de 2010

Com Amor da pra rimar, por Alexandre Prestes



Esse foi escrito à moda antiga: papel e caneta


Nesta noite de outono decidi rimar
e a palavra escolhida é amar
pode ser àquele amor de namorar
ou ainda o que te faz chorar

O amor não nos deixa pensar
rouba nossa capacidade de raciocinar
e conseguimos apenas contemplar
a beleza que o outro reflete em nosso olhar

O amor é um sentimento concebido devagar
mas existe aquele amor que no faz levitar
como àquele percebido logo no primeiro olhar
e com sorriso no rosto nos faz suspirar.

Os amigos também podem amar,
existe amigos que nos fazem chorar,
também existe aqueles que não deixam de afagar
de braços sempre apostos para nos abraçar.

Não importa quantas vezes errou por amar
o que importa é nunca parar de tentar,
assim como pra viver é preciso respirar,
Nessa vida pra ser feliz é preciso Amar!

P.S.: Sem revisão, sem compromisso de agradar, sem respeito as normas ortograficas, mas prometo que quando tiver tempo eu reviso, pontuo, coloco nass normas assim como deve ser, e etc...

9 comentários:

Postar um comentário