sábado, 17 de julho de 2010

Rosalía de Castro - “Mas vê que meu coração...”

Mas vê que meu coração
é uma rosa de cem folhas,
e é cada folha uma pena
que vive apegada noutra.

Tiras uma, tiras duas,
penas me ficam de sobra,
dez hoje, amanhã quarenta
desfolha que te desfolha.

O coração me arrancaras
quando as arrancasses todas.

Seleção da @FezinhaSaldanha

0 comentários:

Postar um comentário