segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Fernando Pessoa - Há um poeta em mim que Deus me disse...

Há um poeta em mim que Deus me disse...
A Primavera esquece nos barrancos
As grinaldas que trouxe dos arrancos
Da sua efêmera e espectral ledice...

Pelo prado orvalhado a meninice

Faz soar a alegria os seus tamancos...
Pobre de anseios teu ficar nos bancos
Olhando a hora como quem sorrisse...

Florir do dia a capitéis de Luz...

Violinos do silêncio enternecidos...
Tédio onde o só ter tédio nos seduz...

Minha alma beija o quadro que pintou...

Sento-me ao pé dos séculos perdidos
E cismo o seu perfil de inércia e vôo...

Fonte: http://www.sonetos.com.br/sonetos.php?n=1455

0 comentários:

Postar um comentário