sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Ivan Siqueira - Namorados e amantes

Amantes não são namorados,
namorados namoram,
amantes amam-se!
Amantes fogem sempre,
amantes escondem-se
sem fazer alarde.
Namorados, são o dia e a noite,
amantes, são a tarde.

Namorados são avassaladores,

amantes são suaves,
mas, amam-se tanto que se magoam,
e, às vezes, sentem dores.

Namorados riem, divertem-se,

amantes, apenas se amam.
Namorados, quando estão no Central Park,
correm atrás um do outro.
Nos fins de semana na Lapa
caem sempre nas batucadas,
e se vão à praia de Camboriú, que lindo,
mergulham no mar de mãos dadas!

Amantes, beijam-se nas mãos,

amantes nunca se falam,
sentem-se, cheiram-se,
exalam...

Namorados, passeiam de bicicleta,

andam de patins no gelo.
Amantes acendem a lareira,
sentam-se no tapete,
ela cheira as mãos dele,
e, ele, o seu cabelo!
Os rostos encostam-se e,
assim, ficam por longo tempo,
as mãos apertam-se um pouco mais,
amantes não falam,
deitam-se, perdem-se,
e procuram-se por trás.

Namorados abraçam-se

olham-se, ajudam-se,
esperam-se na escola,
comem pipocas na fila do cinema,
no fim de semana, eu prefiro Búzios,
tu, Saquarema!

Namorados discutem por qualquer coisa,

amantes amam-se.
Namorados sentem ciúme,
ficam de mal, trocam de telemóvel.
Amantes esperam-se com a banheira cheia,
só não desejam é falar!

Namorados encontram-se de manhã

dirigem-se para a escola
e marcam para a noite um passeio.
Amantes encontram-se sempre de tarde
o carro a voar, a chave recebida,
mal a porta se fecha,
as bocas lambem-se,
eu, doido de amor,
tu, perdida!

Namorados, quando passeiam,

estão sempre de mãos dadas,
e, felizes, balançam os braços.
Amantes olham-se no espelho do quarto
e apertam-se nos abraços.
Namorados fazem as pazes
e prometem juras de amor,
marcam o fim de semana em Penedo,
Lumiar, Salvador.
Amantes estão sempre num quarto,
beijam-se, mordem-se, molham-se,
transpiram, não dormem,
arriscam-se ao enfarte!

O que há de mais belo na vida

namorados e amantes têm:
namorados são felizes,
amantes, também...

Seleção da @FezinhaSaldanha

Fonte: poesiaemartini.blogspot.com

0 comentários:

Postar um comentário